Os 5 C's do Condomínio

Cachorro

A letra C de Cachorro representa todos os animais domésticos, além do cachorro, como gatos e pássaros, que possam, eventualmente, incomodar o vizinho, se estiverem dentro do domicílio ou, uma situação muito comum em condomínio de casas, o morador não recolher adequadamente as fezes de seu animal. Há ainda o problema de permitir, repetidas vezes, que o animal urine em local impróprio. O síndico deve zelar pela boa convivência entre vizinhos, valendo-se do Regulamento interno para aplicar sanções quando cabível. 

Há ainda outro problema comum que são os gatos soltos dentro dos condomínios, 

sujando gramados ou entre os carros, colocando em risco os ocupantes do veículo e o próprio animal pelo risco de ser atropelado. Nesse caso, o síndico deve procurar alguma ONG que tenha interesse em recolher o animal e incentivar a adoção dentro do próprio condomínio.
Cano

Um dos problemas mais graves que pode ocorrer num condomínio refere-se à letra C, de cano. É claro que estamos falando da água. Vazamentos, infiltrações, desperdício, mau uso. Tudo envolve o uso responsável desse importante recurso natural.

É dever do síndico planejar e executar ações para reaproveitamento da água, verificar rotineiramente possíveis sinais externos de vazamento em muros, paredes e taludes impermeabilizados. O síndico deve acompanhar o consumo mensal referente à área comum para, rapidamente, identificar eventual dano na rede subterrânea.  Ainda em relação à água, especialmente no verão, síndico e zelador devem verificar o correto funcionamento da rede de drenagem, seja no caso de possíveis entupimentos (calha, por exemplo) ou subdimensionamento, no caso de condomínios e estruturas novos.
A TGI Administradora conta com expertise para orientar e planejar as ações preventivas e também com engenheiro civil capacitado e experiente para orientar reformas e ajustes, caso necessário.
Carro
A letra C de Carro envolve todos os veículos automotores que trafegam dentro do condomínio. Carros, picapes, motocicletas e pequenos caminhões, sendo os últimos mais relacionados aos condomínios de casas.
Sinalização correta (seja no chão, em paredes ou placas), faixas de pedestres, campanhas de velocidade correta dentro do condomínio, iluminação (no caso de garagens cobertas), demarcação de vagas de estacionamento. Tudo deve ser revisto periodicamente para que não falte o auxílio de extrema importância para o condômino utilizar seu veículo com segurança e sem surpresas..
A TGI Administradora oferece, em sua vistoria prévia de implantação, uma sugestão de eventuais melhorias que sejam necessárias para melhor fluxo de veículos e mais segurança para pedestres, principalmente crianças.
Cobrança

Ter uma boa gestão da Cobrança, ou seja, da inadimplência, é essencial para ter credibilidade junto aos condôminos bons pagadores. É fundamental também para obter êxito na execução das ações planejadas, que dependem de receitas mensais e de reservas financeiras dos meses anteriores. A TGI Administradora recomenda sempre a ação preventiva, o diálogo e a gentileza na comunicação e, apenas em último caso, fazer cobrança judicial.
Estabeleça políticas claras de abordagem por aplicativo de mensagem, e-mail, telefone e correspondência física. Divulgue as validades dos boletos. 

Estabeleça em que momento a cobrança deixa de ser feita pela administradora e passa para um escritório jurídico, ou seja, o condômino passa a ser onerado também por honorários advocatícios. Divulgue e disponibilize essas regras definidas pelo Corpo Diretivo para os condôminos e em canais de fácil acesso, por exemplo, junto à Convenção Condominial e o Regulamento Interno.
Criança
Por fim, e mais importante de todos os C´s, temos as crianças. Que podem ser de 0 a 17 anos em nosso cotidiano condominial. Explico. Sabe aquele recém-nascido que chora quando tem fome, sono ou precisa de higiene? Então, pode ser que incomode um vizinho e gere um mal estar entre ambos. O que fazer? É dever do síndico zelar pela boa convivência entre ambos e estimular sempre o diálogo e a empatia entre todos para que situações tensas sejam tratadas com compreensão. 
É dever dos responsáveis ensinar e cuidar para que crianças e adolescentes  
obedeçam as normas de uso dos espaços comuns, como piscina, salão de jogos, quadra de esportes, playground, entre outros.
É dever do Corpo Diretivo identificar possíveis descumprimentos do Regulamento Interno e notificar, com advertência ou multa, as unidades dos moradores infratores. Um condomínio que não adverte corretamente quem não cumpre as normas tem maior probabilidade de conflitos e injustiças, causando até mesmo eventuais ações jurídicas por parte dos afetados.
A TGI Administradora estimula que o condomínio realize campanhas mensais sobre as regras de uso dos espaços comuns e o respeito entre os moradores, sempre com o intuito de bom senso e empatia serem valores que fundamentem as relações entre os moradores, Corpo Diretivo e funcionários.

© Copyright 2020 TGI Administradora - Todos os direitos reservados.

contato@tgiadministradora.com.br - Administramos condomínios na Grande São Paulo